34º Festival de Almada | Público desafiado sem alternativa entre Rumor e Alvoradas

Publicado em Julho 20, 2017 » Cultura, Destaques, Últimas

Os Raoul Collectif apresentam uma peça de energia contagiante e imprevisível no 34º Festival de Almada, que nos faz querer estar atentos a todas as falas e, se possível fosse, voltar atrás para rever aquele segundo determinante perdido por um momento.

“Rumor e Alvoradas” é uma alternativa clara à passividade do público face ao palco, através de um texto cuja transversalidade retrata temas sociais considerados fora de quaisquer limites de temporalidade, devido ao seu cunho sempre atual. Como a abordagem ao impacto das políticas públicas no mercado de trabalho e na imparcialidade das empresas. E a necessidade de planearmos futuros coletivos para uma sensação de pertença comum, num mundo onde, não raras vezes, ficamos sem alternativa e possibilidade de união, perante situações fora do nosso controlo ou alcance de poder.

Uma provocação ao público, de humor e sátira, que o leva a questionar cinco jornalistas e as suas motivações perante um cenário de despedimento coletivo, no qual surge a ideia There Is No Alternative, personificada na imagem da Sra. TINA. Uma ideia falante que apresenta a sua quase imortalidade, ao rebater todas as formas possíveis de ser desconstruida, lançadas quer pelos personagens, quer pelo público, que a revê nos seus próprios problemas incontornáveis do quotidiano.

Ana Martins Ventura

O Seixalense/ZoomOnline

Partilhe este artigo
Tags

Comments are closed.