Ana Clara Birrento anuncia-se cabeça de lista pelo CDS à Câmara Municipal de Setúbal

Publicado em Abril 7, 2017 » Destaques, Política, Últimas

Ana Clara Birrento, directora do Centro de Segurança Social de Setúbal no período de governação do PSD CDS vai avançar pelos centristas à corrida pelo poder executivo na câmara municipal, cujas eleições estão marcadas para um de outubro.

A também directora do Instituto de Segurança Social, cargo do qual foi afastada em maio de 2016 pelo Governo de António Costa, ambiciona um lugar na vereação autárquica para dar voz mais proeminente aos problemas sociais em Setúbal.

Ana Clara Birrento aponta para a operação de realojamento em julho de 2014 das 35 famílias instaladas ilegalmente na antiga fábrica Mecânica Setubalense que estavam sem água e luz desde início de março como um exemplo de como o trabalho deve ser feito em prol dos mais necessitados. “O Centro de Segurança Social de Setúbal agiu nesse dia em parceria com diversas entidades para proceder ao realojamento daquelas famílias e assim dar-lhes melhores condições de vida”.

É desta forma, através da parceria entre todas as entidades da sociedade civil e demais que Ana Clara Birrento afirma que vai, em caso de eleição, proceder nos próximos quatro anos de mandato autárquico. “A melhoria das condições de vida dos setubalenses é atingida através do aumento da empregabilidade que, por seu lado, se dá com a instalação de empresas no concelho atraídas pelas boas condições ambientais e económicas promovidas pela autarquia”, frisou Ana Clara Birrento, apontando assim para a solução para corrigir as assimetrias sociais existentes, durante a apresentação pública da sua candidatura na sexta-feira passada, no Restaurante Novo 10.

Sem querer apresentar, para já, quaisquer dados que constam do programa do CDS, a centrista afastou também qual o principal adversário na campanha eleitoral, se a CDU, se o PSD, com quem em coligação o CDS conseguiu um mandato em 2013. “O cabeça de lista da anterior coligação liderou bem os desígnios da coligação, ao informar o CDS sobre todo o trabalho desenvolvido”.

Desta vez, os partidos decidiram, porém, em Setúbal, tal como em Almada, Seixal, Barreiro e Alcochete, concorrer sozinhos às autárquicas que se avizinham por divergências nos acordos de coligação, divergências essas não especificadas pelos centristas. Ao lado de Ana Clara Birrento concorre para a Assembleia Municipal de Setúbal o líder distrital do CDS, João Viegas.

O Setubalense/Zoomonline

Partilhe este artigo
Tags

Deixar uma resposta