Câmara de Alcochete está contra desqualificação do Centro Hospitalar

Publicado em Maio 31, 2014 » Política, Saúde

CMA 1A Câmara de Alcochete está contra a desqualificação do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo, que serve o concelho, referindo que os cidadãos vão ser obrigados a deslocar-se para Almada em diversas especialidades.

“A Portaria 82/2014 classifica o centro hospitalar como de Grupo I, o que, na prática, reduzirá o número de valências disponíveis, obrigando os cidadãos de Alcochete a deslocarem-se para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, para obter mais cuidados de saúde”, refere a moção, que foi aprovada por unidade pelo executivo.

A autarquia, liderada por Luís Franco (PCP), exige a revogação imediata da portaria, que, segundo o município, causa dificuldades no acesso a várias consultas de especialidade.

“Além da neonatologia/obstetrícia podem estar em risco outras especialidades como a oftalmologia, otorrinolaringologia, pneumologia, cardiologia, gastroenterologia, oncologia médica ou infeciologia, que ficarão dependentes da definição de mapas nacionais de referenciação e distribuição de especialidades médicas e cirúrgicas”, salienta.

O documento apela ainda aos utentes, aos profissionais de saúde, às suas estruturas representativas e às populações para que “intensifiquem a luta em defesa do Serviço Nacional de Saúde”.

A portaria em causa visa reorganizar toda a oferta hospitalar nacional, sendo que, para os hospitais pertencentes ao Grupo I, o mais baixo do conjunto de grupos, existem valências hospitalares que apenas serão viáveis se houver um número mínimo de população servida e se existir disponibilidade de recursos humanos.

 

Lusa/Zoom online

Foto: CMA

Partilhe este artigo
Tags

Deixar uma resposta