Carla Maciel por Estelle Valente na Casa da Cultura

Publicado a Março 28, 2018 » 173 Views» Cultura

Até ao dia 31 deste mês, está patente na Casa da Cultura a exposição “Carla no Papel”, uma mostra de mais de trinta fotografias de Estelle Valente que retratam a actriz Carla Maciel na pele de actrizes de referência como Greta Garbo, Marlene Dietrich e Marilyn Monroe.

“Este projecto começou com uma coisa muito pessoal. Há cerca de um ano, a Carla entrou em contacto comigo. Queria ficar com uma recordação de como é e está agora”, começa por explicar a fotógrafa Estelle Valente a O Setubalense. “Fizemos a sessão num quarto de hotel, com base nas últimas fotografias de Marilyn Monroe, dias antes de se suicidar, numa coisa mais triste, mais sensitiva. Eu e a Carla funcionamos muito bem, e eu nem podia fazer isto com outra actriz”, acrescenta.
Estelle Valente trabalha para o Teatro São Luiz, em Lisboa, mas desenvolve intenso trabalho pessoal. A Carla Maciel também. Gostava de ficar com uma recordação de como é agora, para que no futuro, pudesse mostrar aos seus filhos e netos, e contactou Estelle para a ajudar no que diz respeito à fotografia. A Estelle gostou da ideia. Avançaram. Aquele que era para ser um projecto unicamente pessoal está agora em exposição na Casa da Cultura, e até já recebeu convites para posteriores exposições em vários lugares do país.
“Depois da Marilyn, surgiu a ideia de seguir com a Carla no papel de outras actrizes, como Greta Garbo e Marlene Dietrich, e assim foi. A Carla consegue transformar-se e tem muito destas actrizes nela retratadas, naquele misto de glamour, sensualidade e toque chique”, conta. Nas palavras da actriz Carla Maciel, a responsável pela escolha, “a memória de uma fotografia é a constatação de que vivemos realmente”. A recordação foi o mote para esta aventura fotográfica, na qual Carla pretende “saborear a feminilidade e multiplicidade de identidades” através de mulheres que foram ícones do século XX, deixando também o seu testemunho, revelando que “este impulso e vontade de permanecer na memória dos que mais amo, permitiram o encontro apaixonado, sincero e lúcido de uma actriz com uma fotógrafa”.
Entre Greta Garbo, Marlene Dietrich e Marilyn Monroe, a beleza de Carla na objectiva da Estelle teve neste mês dedicado à mulher a altura ideal para chegar à cidade de Setúbal. “Faz todo o sentido. O meu trabalho é muito baseado em retratos e este projecto acho que sou eu. É mesmo o tipo de fotografias de que eu gosto, é intemporal, é a fotografia parada no tempo”, considera.
Na exposição “Carla no Papel”, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria com o atelier DDLX, o principal objectivo das artistas é explorar a essência da feminilidade através da comemoração da vida de outras mulheres. Inaugurada no Dia da Mulher, dia 8 de Março, a mostra pode ser visitada até este sábado, último dia do mês, na Galeria de Exposições da Casa da Cultura, de terça a quinta-feira, das 10h00 às 24h00, às sextas e sábados entre as 10h00 e a 01h00. Ao domingo, o horário compreende-se entre as 10h00 e as 20h00, para visitar a exposição onde “da leitura de um pequeno movimento de lábios ou de uma ligeira inclinação de cabeça, descobrimos a beleza pura, despojada de máscaras, mostrando a vulnerabilidade daquilo que se chama vida”.

Inês Antunes Malta/ O Setubalense

Share this post
Tags

Comments are closed.