Entrega dos prémios das marchas enche “Luísa Todi”

Publicado em Julho 17, 2017 » Cultura, Destaques, Últimas

Beleza, cor, emoções e tradições marcaram a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores das marchas de 2017, no Fórum Municipal Luísa Todi. O Núcleo Bicross de Setúbal recebeu o prémio de melhor marcha, enquanto o Independente e a Perpétua Azeitonense, o 2 .º e 3.º lugares, respectivamente. A madrinha Sara Margarida prestou homenagem à cantora Cristina Pereira.

O Fórum Municipal Luísa Todi encheu, no passado sábado à noite para receber a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores do concurso das Marchas Populares de Setúbal de 2017, num ambiente de festa, cor e alegria.

O vereador da Cultura da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, salientou que “estamos todos de parabéns, isto não é apenas um trabalho de três dias na avenida e na praça de touros – agradecendo depois – “o esforço de todas as colectividades, de homens e mulheres que ao longo de meses trabalham para levar a cabo o fantástico espectáculo das marchas”.

Pedro Pina recordou que “pelo segundo ano consecutivo, realiza-se a entrega de prémios no Fórum Municipal Luísa Todi, uma decisão dos representantes das marchas e não da Câmara Municipal e foi tomada com a intensão de dar dignidade a este momento. A principal sala de espectáculos de Setúbal, que recebe durante o ano concertos de grandeza e qualidade dos mais diferentes artistas do país é também o espaço para aquele que é o evento mais popular e de maior tradição que são as marchas da nossa cidade”, frisou o autarca.
Já Sara Margarida, a melhor madrinha da edição deste ano e madrinha das madrinhas em 2018, fez um discurso emocionante apelando ao consenso e harmonia entre todos os participantes das marchas. “Apelo ao respeito de todos e por todos porque isto é um trabalho de muitos meses”, disse, recebendo fortes aplausos do público, confessando que “vivo as marchas a 200 por cento. As marchas são a minha vida”, salientou a madrinha.

Sara Margarida prestou homenagem a Cristina Pereira, cantora já falecida, e que continua a ser uma grande referência nas marchas populares. Cristina Pereira participou durante muitos anos no concurso das marchas com a sua voz poderosa e marcante. A madrinha das madrinhas cantou uma das suas canções, levando ao rubro a sala do fórum.

Na primeira parte do espectáculo foram entregues os troféus de participação às marchas extra-concurso da APPACDM de Setúbal e infantis do Jardim-de-Infância Aquário, do Núcleo Bicross de Setúbal e da Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense e o prémio aos autores da Grande Marcha de Setúbal 2017, “Setúbal Passa, ah pois é!”, Bruno Frazão e Natália Abreu, letra e Artur Jordão, música. Na segunda parte, foram entregues as distinções de participação e os prémios aos vencedores das sete marchas a concurso, com a actuação da madrinha da cada marcha. Este ano, o vencedor foi o Núcleo Bicross de Setúbal, que alcançou também o prémio de melhor coreografia.

O Grupo Desportivo Independente ficou em segundo e, de acordo com o júri, presidido pelo actor João Ricardo, apresentou as melhores letra e música. Conquistou igualmente a distinção de melhor madrinha do concurso, Sara Margarida. O terceiro lugar na classificação geral coube à Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense, que arrecadou os restantes títulos de especialidade, de melhores figurino e coreografia. A colectividade de Azeitão foi ainda distinguida com o prémio primeiro desfile, com base na prestação dos conjuntos na apresentação realizada na avenida Luísa Todi.

Nas restantes posições ficaram o Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, em quarto, a União Desportiva e Recreativa das Pontes, em quinto, a Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bem-Vinda a Liberdade, em sexto, e o Grupo Desportivo Fonte Nova, sétimo.

O espectáculo, de duas horas, terminou em apoteose, com Sara Margarida, a cantar a Grande Marcha de Setúbal, acompanhada das outras madrinhas e o público a acompanhar em coro.

O Setubalense/ZoomOnline

Partilhe este artigo
Tags

Comments are closed.