Feira Agrícola aposta em iniciativas inéditas

Publicado em Julho 3, 2017 » Destaques, Sociedade, Últimas

A Associação presidida por João Neto anunciou a realização de iniciativas inéditas na edição deste ano da Feira Comercial e Agrícola do Poceirão. O presidente da União de Freguesias destacou o trabalho realizado pela actual associação que conseguiu “desenvencilhar-se de alguns rabos de saias”.

Espectáculos equestres, demonstração de obediência de caninos e felinos, tratoradas, magia e artes taurinas são novidades na edição deste ano da Feira Comercial e Agrícola do Poceirão. Mas a Feira, que começa no dia 7 e se prolonga até 9 de Julho, conta com “um excelente cartaz com atractivos diversificados” como fez questão de sublinhar o presidente da Câmara de Palmela, Álvaro Amaro. O “excelente trabalho da equipa liderada por João Neto” realçou o edil, faz acreditar que no próximo fim de semana “todos os caminhos vêm dar ao Poceirão” sublinhou.

O presidente da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, José Silvério na conteve a emoção ao anunciar “vou deixar de ser presidente de junta e esta será a última vez que participo nessa qualidade”, mas a Feira “irá continuar e contará sempre com o meu apoio”. O presidente do maior território do concelho de Palmela fez questão de tecer “grandes louvores ao presidente da Feira deste ano, que conseguiu desenvencilhar-se de alguns rabos de saias”.
O autarca fez questão de lembrar que “esta Junta é a que dá mais financiamento à feira e às festas”.

O presidente da Câmara de Palmela reconheceu “o papel preponderante da Junta, que criou um espaço de mostra das potencialidades” e a autarquia “está de braço dado com a Feira, que é o coração rural da Península de Setúbal”. Álvaro Amaro destacou a importância do seminário organizado pela Associação de Agricultores do Distrito de Setúbal que “irá abordar a reposição da União das Freguesias de Poceirão e Marateca como zona rural e desfavorecida como factor essencial ao desenvolvimento económico e social”, que se realiza no dia 8 de Julho, às 10h00, no Salão Nobre da Junta.

João Neto assumiu a responsabilidade de criar a equipa para realizar a Feira “composta por pessoas voluntárias sem qualquer interesse monetário e político, que dão o seu tempo e boa vontade para a realização do evento”. O presidente da Associação não deixou de “lamentar que não haja o habitual Festival de Folclore”, mas “deve-se a uma opção do Rancho Folclórico do Poceirão”. No entanto o dirigente não deixa de destacar “teremos folclore na Feira, onde irão participar os ranchos Os Fazendeiros das Lagameças, de Fernando Pó, Os Académicos do Bairro Margaça e as Danças e Cantares da Região do Forninho”, a que “se juntará a actuação da Marcha de S. Pedro da Marateca”.

A Feira contará no primeiro dia com uma Noite de Fados com a participação de Maria Madalena, Nélio Nunes, Maria do Céu e Alfredo Santos, enquanto no sábado, dia 8 de Julho, os destaques serão a demonstração de Jogo do pau, noite de magia e a actuação de Iran Costa. No último dia dos festejos o ponto alto será o Cortejo Etnográfico, danças de salão e o fogo de artifício. A Feira conta com os apoios financeiros da União de Freguesias, que participa com 12 mil euros e a Câmara de Palmela com quatro mil. Aos apoios financeiros juntam-se várias milhares de euros de apoio logístico das duas autarquias. No final da apresentação da Feira João Neto deixa o apelo “venham visitar a Feira, se não for melhor que as anteriores, foi feita com a mesma vontade dos anos passados”.

O Setubalense/ZoomOnline

Partilhe este artigo
Tags

Comments are closed.