“A Feira de Sant’Iago é um evento de Setúbal, acima de tudo”

Publicado a Julho 23, 2018 » 448 Views» Destaques, Sociedade, Últimas

“A Avenida Luísa Todi não tem condições para comportar um evento com a dimensão que a Feira de Sant’Iago atualmente tem”, defende Nuno Costa, presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, em declarações a O Setubalense, perante o início de mais uma edição desta “festa de Setúbal”, como refere.
Aquando da mudança da Feira de Sant’Iago de localização, o presidente recorda que “eram muitas as reivindicações dos proprietários de restaurantes e bares, sobre a falta de espaço na Avenida Luísa Todi, mas com o tempo tudo foi esquecido”.
Para o autarca o Parque de Santiago “representa um espaço que reúne todas as condições necessárias para o crescimento do evento”.

Em todos os lugares é Setúbal

Enquanto presidente da Junta de Freguesia que recebe a feira no seu território, Nuno Costa afirma, “é tao longe das Manteigadas à Luísa Todi, como da Luísa Todi às Manteigadas. Para mim não tem menos valor um morador das Manteigadas, da Terroa, do Bairro 2 de Abril, do Bairro Afonso Costa, do que tem um morador do Troino ou da Avenida Luísa Todi”. E ressalva, “existem transportes e condições para a deslocação”.

Mudar aqui e em outras cidades

A mudança que se assistiu em Setúbal com a Feira de Sant’Iago a ser recolocada em um parque próprio para a sua realização “é a mesma que se tem assistido em outras cidades”, explica Nuno Costa. “Esta é uma tendência cada vez mais presente, para que estes eventos possam crescer, receber mais empresas e apresentar novos produtos. Ao mesmo tempo, manter uma oferta cultural diversificada, para os diferentes públicos que nos visitam. E, a Feira de Sant’Iago é um evento de Setúbal, acima de tudo, seja qual for a sua localização”.
Sobre o futuro, o autarca considera que “a mudança, que tem sido tão contestada, deve ser encarada como algo positivo. E se, em um futuro próximo, a Feira tivesse que ser realizada para outro ponto da cidade e isso representasse uma mais-valia para o evento, a decisão seria igualmente benvinda”.
O facto de a Feira de Sant’Iago “estar a crescer através de um marketing que cria um tema associado é representativo do crescimento de Setúbal. A Feira precisa, como ‘pão para a boca’ de um tema específico”, algo que considera “crucial para a sua sustentabilidade, divulgação do território, cultura e produtos, no espaço nacional”.

Ana Martins Ventura/ O Setubalense

Share this post
Tags

Comments are closed.