Histórias contadas em Livros Miniatura chegam à Biblioteca Municipal de Setúbal

Published On Dezembro 4, 2017 » 146 Views» Agenda, Cultura, Destaques

Publicações em tamanho muito pequeno podem ser admiradas na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal, até ao dia 9 de dezembro, na mostra “Livros Miniatura”, de João Lizardo, autor do projecto que sempre trabalhou na área dos livros, das bibliotecas e do universo adjacente.

A exposição “Livros Miniatura”, de João Lizardo, com entrada livre, apresenta exemplares de livros em miniatura, com textos e gravuras legíveis, sobre vários temas representativos de diferentes períodos da história.

“Entre 2007 e 2008, comecei a formar a colecção de livros miniatura. O nosso país não tinha nenhuma colecção organizada. Existem colecções na Torre do Tombo e na Biblioteca Nacional mas não têm uma categoria específica”, refere João Lizardo a O Setubalense, explicando que o tamanho é a característica própria deste tipo de livro que normalmente não deve exceder os 7,5cm de altura. “Em 2011, quando achei que tinha uma quantidade significativa para fazer uma exposição expus no Centro Cultural de Belém, que depois viajou pelo país. Tenho no total mais de 600 volumes. Como são tantos, tornou-se difícil encontrar sítios que conseguissem receber todos e por isso comecei a fazer exposições mais pequenas, e foi assim que surgiu a exposição de Setúbal, na Biblioteca”, adianta o autor.

A mostra contém, por exemplo, livros pedagógicos do início do século XIX, bibliotecas miniatura de histórias infantis, edições ilustradas de contos morais e almanaques publicitários. Os Livros Miniatura são tão antigos como a própria história da escrita e surgem com vários fins. Entende-se normalmente que os primeiros Livros Miniatura da história datam do ano 2000 a.C. Em 770 d.C., no Japão, séculos antes de Gutenberg, um milhão de minúsculos livros-rolo foram impressos e postos em circulação. “Quando encontrei este universo, falei com coleccionadores, livreiros. Este é um universo completamente desconhecido, as pessoas ão sabem que existe esta especificidade. São objectos muito curiosos O conceito de livro vai-se transformando ao longo do tempo. Agora temos os E-book, não é em papel mas são livros na mesma”, considera.

Muitas vezes na composição de livros com estas características são utilizadas as mais avançadas técnicas de ilustração, fabrico de papel e encadernação e as maiores facilidades no transporte. O projecto da autoria de João Lizardo tem como destinatários Centros de Arte, Bibliotecas, Museus e Escolas e compreende três elementos: “A Grande Exposição de Livros Miniatura”, que inclui mais de 500 volumes, a que estão associadas várias oficinas, “Livros Miniatura”, com formação/workshop para adultos, e a Mostra de Livros Miniatura/Exposição Portátil e Oficinas, concebida para espaços mais pequenos, como Bibliotecas Municipais e Escolas, como é o caso da Biblioteca Municipal de Setúbal, local onde a exposição permanecerá até dia 9 de Dezembro e onde estarão presentes 7 expositores, com cerca de 50 livros.

“Os livros miniatura são livros iguais aos outros mas não são inocentes, não são de brincar, são muito pequenos e aproveitados nesse sentido. Foram, por exemplo, distribuídos muitos exemplares como propaganda pelo Partido Nazi na altura da 2ª Guerra Mundial. E podem ser produzidos de forma muito económica para a propaganda política e comercial”, explica.

A Grande Exposição de Livros Miniatura
A Grande Exposição integra mais de 500 volumes, representantes de toda a história destes objectos, e o seu público-alvo é o público em geral, famílias e grupos escolares de todos os níveis de ensino. Nesta mostra, estão presentes vários exemplares, do exemplar original do mais antigo tipo de Livro Miniatura conhecido – uma pequena placa de argila com escrita cuneiforme datada de cerca de 2000 a. C. até um Livro de Artista, criado no ano de 2009. Esta exposição caracteriza-se pela sua capacidade de se adaptar a qualquer espaço, e conta com 26 expositores, agrupados em 8 categorias.

Livros Miniatura: formação e workshop para adultos
Numa vertente direccionada para profissionais e estudantes ligados à educação e à actividade bibliotecária, jovens artistas plásticos e, em geral, qualquer pessoa interessada. Esta acção de formação é especialmente dirigida a profissionais da área da educação, de bibliotecas e a jovens artistas plásticos que possam encarar o livro como formato ou suporte artístico. Os livros miniatura, despertando um fascínio especial nas crianças, podem funcionar como ponto de partida no desenvolvimento de projectos educativos. “Esta programação em Setúbal vai ter oficinas de livros para escolas e formação na área e no desenvolvimento de actividades para professores tendo em conta este universo, para que possam vir a utilizar os livros miniatura como ferramenta pedagógica, como um apoio para ensinar melhor”, explica.

Mostra de Livros Miniatura/Exposição Portátil e Oficinas
Dirigida a todos os grupos escolares de todos os níveis de ensino, e organizada em pequenas vitrinas portáteis que podem visitar espaços mais pequenos, como Bibliotecas Municipais e Escolas, esta mostra dá a conhecer alguns volumes reveladores da História destes curiosos objectos, incluindo também diversas oficinas que abrangem toda a comunidade de alunos, e permitem dinamizar o espaço da Biblioteca Escolar.

A exposição “Livros Miniatura” pode ser visitada nos Serviços Centrais da Biblioteca Municipal de Setúbal, no seu horário habitual, de segunda a sexta-feira das 09h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 às 19h00.

O Setubalense/ZoomOnline

Share this post
Tags

Comments are closed.