Jovem lança projeto sobre as gentes de Azeitão

Publicado em Maio 16, 2017 » Cultura, Destaques, Sociedade, Últimas

Raquel Farelo desenvolveu o projeto “Memórias antigas Outrora Perdidas” (MAOP), sobre gentes de Azeitão, criado no âmbito do mestrado “Curadoria Crítica e Teorias da Arte”, da Faculdade das Belas Artes da Universidade Nova de Lisboa. A jovem azeitonense, curadora na galeria “Via Ideia”, em Vila Nogueira, quis preservar a memória da Terra, contando as histórias dos seus habitantes.

A curadora diz ao jornal O Setubalense que a ideia de realizar o projeto surge após ter sido mãe por ter ficado muito tempo em casa, o que permitiu que se aproximasse mais das gentes de Azeitão. Através deste contacto, muitas pessoas partilharam as suas memórias, inclusive a Dona Alda Palhão, a mentora do projeto, segundo Raquel.

Para Raquel, abordar as pessoas na rua não foi um problema, uma vez que a conhecem e sentem-se á vontade com a presença dela. A prioridade agora é introduzir virtualmente todo o acervo documental que dispõe e depois desafiar outros a participar no projeto. Será importante que os artistas convidados aceitem a proposta de criação artística com base na inspiração e possível reinterpretação do arquivo. Por enquanto, a curadora não pretende transformar o projeto em livro, mas pensa que é crucial a criação de um catálogo, uma vez que o projeto se faz essencialmente de imagens.

O trabalho pode ser consultado na internet através do endereço www.maop.pt e, para enviar registos ou propostas, pode utilizar-se o endereço info.maop@gmail.com.

O Setubalense/ZoomOnline

Partilhe este artigo
Tags

Deixe uma resposta