Liga Portuguesa Contra o Cancro e Buondi alertam para riscos da exposição solar

Publicado a Julho 25, 2018 » 402 Views» Agenda, Destaques, Saúde, Sociedade, Últimas

No próximo sábado, entre as 09h00 e as 12h30, terá lugar na Praia de Albarquel uma acção de diagnóstico precoce de cancro de pele para alertar os setubalenses para os riscos da exposição solar.

A BUONDI, em parceria com o ISN e com a Liga Portuguesa Contra o Cancro, vai promover acções de diagnóstico precoce de cancro de pele em 9 praias portuguesas, sob o mote “Qual é a intensidade da tua proteção? Protege a tua pele”. A iniciativa visa sensibilizar as pessoas para os riscos da exposição solar e chega este sábado a Setúbal. Para a realização destas acções de diagnóstico, vai ser instalado um toldo nas praias, onde um médico dermatologista efectuará o despiste de lesões na pele e reforçará os cuidados a ter com o Sol ensinando e promovendo a realização do autoexame. “A LPCC em parceria com a Buondi vai fazer um rastreio de cancro de pele na praia e mesmo não sendo um evento do GASET nós vamos lá estar para dinamizar e apoiar”, explica fonte do Gabinete de Apoio de Setúbal da Liga Portuguesa Contra o Cancro a O Setubalense. Para inscrição nesta acção, deve ter pelo menos um dos seguintes requisitos: ter mais de 50 anos ou ter historial de cancro de pele pessoal ou na família, mais de 50 sinais e/ou fototipo baixo (pele clara, olhos azuis/verdes, cabelos claros – loiros/ruivos).

“No âmbito da parceria que temos há vários anos com o ISN, disponibilizámo-nos para apoiar a Liga Portuguesa Contra Cancro no desenvolvimento desta iniciativa com a qual esperamos chegar a muita gente e, quem sabe, salvar vidas. O nosso maior objetivo é que todas as pessoas vivam intensamente o seu verão e que entendam que, para isso, é preciso respeitar o sol e ter as devidas precauções com a exposição solar” afirma Teresa Roseta, responsável de marketing de cafés torrados da Nestlé Portugal. Rui Oliveira Soares, médico dermatologista da LPCC, prevê que em 2018 sejam diagnosticados mais 12 mil novos casos, em que cerca de 1000 serão melanomas. A campanha desenvolvida em parceria com a BOUNDI tem assim dois objectivos principais: o primeiro objetivo foca-se na prevenção primária, que significa explicar à população o que podem fazer para reduzir o risco de terem cancro, por outro lado e complementando, existem acções de diagnóstico precoce do cancro da pele, que consistem na observação com o objetivo de encontrar sinais que sejam perigosos e potencialmente geradores de cancro, ou que já sejam cancro e que devem ser assistidos e tratados. “Decidimos apostar nas ações de diagnóstico, pois a pele é um órgão exposto e bastará uma observação cuidada por parte do dermatologista para encontrar esta forma de cancro. O mais importante é que a grande maioria dos cancros de pele quando diagnosticados precocemente têm uma taxa de cura muito alta, quase de 100%, mesmo no cancro mais grave, o melanoma”, remata.

O Setubalense/ZoomOnline

Share this post
Tags

Comments are closed.