Migrações em debate no Dia Mundial da Comunidade Migrante

Publicado em Abril 24, 2017 » Destaques, Sociedade, Últimas

O “Impacto dos Movimentos Migratórios na Sociedade Portuguesa” vai estar em debate num colóquio que irá decorrer a 26 de abril, pelas 10 horas, no auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal.

A iniciativa assinala o Dia Mundial da Comunidade Migrante, e irá contar com a presença de diversos investigadores e representantes de órgãos de soberania local para debater o associativismo imigrante, os aspetos demográficos das migrações, as políticas locais de integração e a dimensão identitária do fenómeno migratório.

O colóquio conta com intervenções de representantes do Alto Comissariado para as Migrações, do Observatório das Migrações, do Instituto de Geografia e Ordenamento de Território e da Universidade Aberta, entre outros.

Na sessão de abertura irá participar Manuela Calado, vereadora dos Recursos Humanos e Desenvolvimento Social, e Pedro Calado, alto-comissário para as Migrações.

Segue-se a exposição do tema “Imigração em Portugal e os seus impactos para a demografia e o sistema económico nacional”, pela diretora do Observatório das Migrações, Catarina Oliveira.

João Sardinha, do Centro de Estudos Geográficos, IGOT – Instituto de Geografia e Ordenamento do Território irá fazer um retrato do “Associativismo imigrante em Portugal”. A explanação do tema “As migrações e a construção de novas identidades” será apresentada por Ana Paula Beja Horta, da Universidade Aberta. Pelas 11h15, Jorge Malheiros, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território irá referir-se sobre as “Políticas locais para a integração dos migrantes”.

Também pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, Maria Lucinda Fonseca vai antever as “Migrações e dinâmicas demográficas – perspetivas para a Área Metropolitana de Lisboa em 2050”.

O encerramento está previsto para as 12h15 com a peça “Migrantes” da Companhia de Teatro de Almada”.

O Seixalense/Zoomonline

Partilhe este artigo
Tags

Deixe uma resposta