Município de Palmela insiste na classificação de Poceirão e Marateca como freguesias rurais

Publicado em Abril 13, 2017 » Destaques, Últimas

Numa reunião recente com responsáveis do Ministério da Agricultura, o Município de Palmela voltou a insistir na necessidade de corrigir a discriminação negativa sobre o concelho e, mais concretamente, sobre as freguesias de Poceirão e Marateca, que estão impedidas de aceder a importantes majorações sobre os fundos comunitários, por não estarem classificadas como territórios rurais, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020. Esta situação, para a qual o Município vem alertando a Administração Central há vários anos, contribui para agravar as difíceis condições de subsistência das pequenas explorações agrícolas dessas freguesias.

Nesta reunião, foi possível confirmar que se mantém a exclusão, atentos os critérios adotados na medida “Renovação de Aldeias”, inscrita no PDR, a que o Município e as respetivas Freguesias continuam impossibilitadas de aceder.

Mantém-se, igualmente, a classificação das Freguesias de Poceirão e Marateca como zonas não desfavorecidas, o que mereceu igual contestação e reparo do Município. O atual Governo não corrigiu a situação, sendo que, também nesta matéria, se confirma a agregação destes territórios em União de Freguesias como fortemente prejudicial.

Apesar de se ter verificado a reversão de situações de caráter semelhante no Algarve, exemplo utilizado pelo Município de Palmela para exigir, uma vez mais, a reposição da justiça, o Ministério não deu sinais de abertura para uma alteração no caso de Poceirão e Marateca. No entanto, o Município vai continuar a lutar pela valorização daqueles territórios e as respetivas comunidades.

Câmara Municipal de Palmela/Zoomonline

Partilhe este artigo
Tags

Deixar uma resposta