Quinta do Anjo é capital do queijo e da ruralidade

Publicado em Março 31, 2017 » Agenda, Cultura, Destaques, Últimas

Os melhores sabores da Arrábida, com especial destaque para o Queijo de Azeitão, vão participar durante três dias no Festival, que começa hoje, em S. Gonçalo, na freguesia de Quinta do Anjo.

A Quinta do Anjo será durante três dias a capital dos melhores sabores da Arrábida, com o Queijo de Azeitão a assumir-se como principal destaque do evento. A Associação Regional de Criadores de Ovinos Leiteiros da Serra da Arrábida (Arcolsa) realiza o evento com o apoio da Câmara de Palmela, que considera“constituir um momento incontornável de celebração do mundo rural e dos produtos endógenos da região, atraindo, anualmente, milhares de visitantes”.

O Festival tem como objectivo promover o queijo de ovelha, com destaque para o Queijo de Azeitão DOP, e este ano apostará na realização do primeiro concurso para premiar os melhores dos melhores, os vinhos da Península de Setúbal e o pão tradicional, que são os reis do certame, mas a que se juntam a doçaria, a fruta, as compotas, o mel e os licores, num total de quatro dezenas de produtores, que apresentam a excelência dos produtos regionais. A gastronomia será outra das vertentes com ofertas diversificadas onde não faltará a culinária biológica para os mais exigentes apreciadores.

Mas o evento aposta também em dar a conhecer as actividades rurais que se prendem com a tosquia, com a fabricação do queijo, a par das corridas de ovelhas, que são únicas no país. A inauguração do Festival é hoje às 18h00, com o cante alentejano a estar em destaque.
As demonstrações equestres realizam-se todos os dias do evento.

A tosquia por Armindo Mendes estará em destaque, amanhã e domingo, às 16h00, junto ao Picadeiro, seguindo-se a primeira corrida de ovelhas, no Ovinódromo, às 17h30, que se repete no domingo. A segunda noite do evento começa, às 20h30, com a actuação da Orquestra de Guitarras da SIM, no Espaço de Gastronomia, seguindo-se um espectáculo com as Sevilhanas.

O segundo dia do evento começa este sábado com o cortejo com missa, às 9h00, junto à Capela de S. Gonçalo. Amanhã e domingo, a partir das 10h00 os visitantes serão desafiados para “Aprender a fazer queijo no Museu…” e a participar nos laboratórios do gosto com a união perfeita entre o queijo e o vinho, que se realizam este sábado, às 15h30.

O Setubalense/Zoomonline

Partilhe este artigo
Tags

Deixe uma resposta