Salão português de arte acessível no antigo cinema

Publicado em Julho 10, 2017 » Cultura, Destaques, Últimas

O antigo cinema de Azeitão vai reabrir as suas portas com o 1.º Salão português de arte acessível”, após sofrer obras de melhoramento. O Colectivo de Valorização Artística (CVA) reformulou o espaço para se transformar num pólo cultural na rua principal de Azeitão.

O 1.º “Salão português de arte acessível – obras originais dos 3 aos 333 euros” vai ser inaugurado no dia 14 de Julho, às 17h00, no antigo cinema de Azeitão, sito na rua José Augusto Coelho, n.º 85, em Vila Nogueira. A organização é do CVA – Colectivo de Valorização Artística e o evento estará aberto, todos os fins-de-semana (sextas, das 17 às 22h00; sábados, das 15 às 22h00 e domingos, das 15 às 20h00).

“Este salão é o primeiro evento de divulgação e venda de obras de autor que contempla exclusivamente valores dos 3 aos 333 euros”, refere a organização, acrescentando que “os visitantes poderão apreciar variadas vertentes, formatos, e técnicas artísticas de qualidade a preços acessíveis, dando a conhecer os artistas expostos e conteúdos dos projectos que desenvolvem, pretendendo-se assim aproximar a arte das pessoas, e as pessoas da arte, como forma de expressão pessoal e original”.

“Entendemos apresentar a arte e os artistas como motores fundamentais dos processos de criatividade, renovação, e consequentemente, de integração e desenvolvimento social”, salienta a organização. Esta primeira edição irá funcionar em médio formato e de modo alternado em que os artistas expositores irão mudando conforme o plano de inscrições, permitindo uma renovação constante de obras e autores no decorrer do evento.

O CVA é uma nova associação cultural e independente, nascida do encontro de Ana Godinho Lourenço, proprietária do imóvel, com um grupo de artistas. A insígnia CVA inspira-se na inscrição que ainda é visível no edifício, Cine-Teatro Vitória Azeitonense, onde funcionou uma sala de cinema até aos anos 70 e mais tarde uma clínica médica, encerrando depois.

“O projecto tem o intuito de reabilitar o velho edifício e criar no centro histórico de Azeitão um espaço alternativo de dinâmico para conteúdos artísticos multidisciplinares”, afirma o CVA, lembrando que “lamentavelmente, e apesar da sua importância e localização na rua principal da vila, seguiu-se um longo e triste período de abandono, ficando o edifício esquecido desde o fim dos anos 80”. “O velho cinema tornou-se numa sombra no espaço e na memória da população”, afirma o Colectivo Artístico.

Os membros do CVA estão neste momento a reconfigurar o espaço, tirando partido das suas características particulares. Criaram-se zona de exposição, dinâmicas de ensino, workshops, tertúlias culturais, um pequeno cine-estúdio para projecção de filmes culturais.

O Setubalense/ZoomOnline

Partilhe este artigo
Tags

Comments are closed.