Setúbal subiu ao Pódio com Equitação APPACDM

Publicado a Junho 28, 2016 » 3553 Views» Destaques

20160623_155820 (002)Em Ponte de Lima, Setúbal subiu ao pódio. Foi nos passados dias 22 e 23 de Junho, que União Desportiva para a Inclusão através da Escola de Equitação da APPACDM de Setúbal se fez representar nas Olimpíadas da Equitação Adaptada, uma competição integrada na Feira do Cavalo de Ponte de Lima. Desta feita com um conjunto de seis cavaleiros portadores de deficiência e maioritariamente recém praticantes de modalidade.

Esta competição é composta por diversas provas: Maneio, Volteio, Gincana e Paradressage. A Prova de Maneio é obrigatória para todas as equipas e consiste em limpar corretamente um cavalo. Esta prova é feita em equipa, constituída no máximo por quatro atletas e no mínimo por 2 atletas, onde se seguem várias rigorosas diretrizes para Avaliação, Julgamento e cronometragem.

A Prova de Volteio consiste em fazer uma sequência de exercícios em cima do cavalo nos diferentes andamentos pondo à prova o equilíbrio e o à-vontade do cavaleiro. Nesta prova é o treinador ou o responsável do cavalo que controla a guia.

A Prova de Gincana tem 2 níveis e consiste num percurso com obstáculos em que o cavaleiro e o cavalo têm que retirar argola, fazer slalom, colocar argola, passar entre fardos, fazer transferência de objeto, circulo, passagem nas varas de saltos, etc.
O nível 1 é realizada em sela ou cilhão. A condução do cavalo é realizada pelo cavaleiro, sendo acompanhada exclusivamente com auxiliar de guia (sem o treinador) que deve segurar a guia apenas para qualquer contratempo, mantendo-se entre a cabeça e as espáduas do cavalo, nunca tendo a intenção de conduzir o cavalo. No nível 2 a condução da montada é autónoma, sem auxílio.

Na prova de Paradressage nem todos os cavaleiros participaram. Esta desenrolasse com condução independente do cavalo, de acordo com um esquema/protocolo memorizado pelo cavaleiro.
É relevante salientar que em nenhuma destas provas os cavaleiros conhecem os cavalos, sendo estes sorteados e apenas montados em prova.
Os resultados foram satisfatórios, tendo sido a equipa mais medalhada em Ponte de Lima, embora tenha sido a com menos cavaleiros. Na prova de maneio Filipa Freitas conquistou o 1 lugar. Na prova de volteio nível Ia Filipa Freitas fica em 1ºlugar e Ricardo Belchior fica em 3ºlugar no nível Ib. No volteio nível II Álvaro Pereira conquista o 1ºlugar e Cristiano Romano em 3ºlugar. Na gincana nível I Ricardo Belchior fica em 3ºlugar e Alvaro Pereira em 3ºlugar no nível II. Na Paradressage destacaram-se Alvaro Pereira em 1º lugar e Cristiano Romano em 3ºlugar.
Ao longo deste ano desportivo, muitas outras provas houve em que a Equitação Especial e Adaptada da Escola de Equitação da APPACDM se destacou com excelentes resultados de pódios, sob a direção do treinador e cavaleiro setubalense Ivo Carvalho Patronilho.
A escola de equitação da APPACDM de Setúbal, tem para além da Equitação Especial e Adaptada, Hipoterapia, Equitação Terapêutica, lições de Equitação Geral para diferentes níveis com cavalo ou pónei, iniciação à competição em diferentes modalidades equestres. regendo-se por uma Equitação para a Inclusão, Ensino Equestre Inclusivo… Onde perceber e gostar do cavalo é uma terapia para todos.

APPACDM/Zoomonline

Share this post
Tags

Deixe uma resposta