Tertúlia homenageia Guerra Junqueiro

Publicado em Outubro 20, 2017 » Agenda, Cultura

Guerra Junqueiro, considerado como uma das personalidades mais importantes da literatura portuguesa do século XIX, é o poeta evocado na próxima sessão do projeto municipal “Palavras na Nossa Terra”, a realizar no dia 27 de outubro, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo.

Nesta tertúlia poética, as/os participantes são convidadas/os a conhecer a vida e obra de um dos mais destacados escritores do Realismo, movimento literário que reproduz a ação social e política da segunda metade do século XIX.

O homenageado, Abílio Manuel Guerra Junqueiro, nasceu em Freixo de Espada à Cinta, Trás-os-Montes, a 17 de setembro de 1850. Em 1866, ingressou no curso de Teologia da Universidade de Coimbra, transferindo-se, dois anos mais tarde, para Direito no mesmo estabelecimento de ensino, curso que concluiu em 1873.

Guerra Junqueiro sempre revelou vocação para a poesia, figurando-se como uma das promessas neste género literário no final do século XIX. É autor de “Lira dos Catorze Anos”, “Vitória na França”, “O Aristarco Português” e “Baptismo de Amor”. Elogiado pelos autores Camilo Castelo Branco e Oliveira Martins em artigos públicos, devido ao poema “A Morte de D. João”, de 1874, passou a colaborar em diversas publicações artísticas e literárias nacionais, tais como “Renascença”, “Branco e Negro”, “Serões”, “Azulejos”, “A Republica Portugueza” e “Atlantida”. O poeta, que desenvolveu, também, trabalhos com o ilustrador Rafael Bordalo Pinheiro, faleceu a 7 de julho de 1923 em Lisboa.

Esta sessão do projeto “Palavras na Nossa Terra” dá continuidade ao projeto de promoção da poesia e da leitura, iniciado em 2015 pela Câmara Municipal de Palmela. A entrada é gratuita.

CMP/Zoomonline

Partilhe este artigo
Tags

Comments are closed.