Visitas escolares ao navio-escola Sagres

Published On Outubro 6, 2017 » 549 Views» Sociedade, Últimas

Alunos de várias escolas estão a participar, hoje, em visitas ao navio-escola Sagres, acostado na frente ribeirinha da cidade no âmbito da Semana do Mar Setúbal 2017.

Um grupo de alunos da EB Luísa Todi brinca, ri e conversa animadamente para passar o tempo enquanto aguarda, à frente de uma enorme fila, no cais 2 da do porto de Setúbal, a entrada no emblemático navio da Marinha Portuguesa.

A tripulação ultima os preparativos para receber os primeiros grupos das cerca de 1500 crianças do pré-escolar e do 1.º ciclo esperadas ao longo dia para visitas de estudo.

O piso da embarcação foi lavado há pouco tempo. Por isso impõe-se o aviso. “Não quero correrias a bordo. O convés está molhado, tenham cuidado! As escadas são para descer e subir devagar. Espero que gostem da visita e se divirtam em segurança”, apela o oficial de dia Sousa Boulhosa.

A visita à embarcação mais mediática da Marinha começa pelo tombadilho e os olhares dos pequenos depressa se fixam no leme e nas girobússolas, uma elétrica e outra magnética, que servem para “indicar e manter o rumo correto do navio”, explica Miguel, tripulante da zona de manobras da parte vélica do navio, que, pacientemente, vai respondendo a algumas dúvidas.

“Para que servem estas bolas?”, pergunta uma menina ao aproximar-se da girobússola elétrica. “Servem para fazer a compensação do norte magnético na bússola magnética, que é muito importante para nos mantermos na rota correta”, responde Miguel.

A roda de leme, com a inscrição “A pátria honrae que a pátria vos contempla”, não necessita de grandes explicações, pois todos sabem qual a sua função e ninguém quer ir embora sem simular que está “a conduzir o navio para terras distantes” ou simplesmente tirar a tradicional selfie.

Ao lado do leme, outro aparelho desperta a curiosidade, sobretudo de duas meninas que fazem várias perguntas a Miguel. “O que é isto?”, questionam, tentando rodar um manípulo no cimo do aparelho. “É um telégrafo, mas não podem mexer aí!”

Mas as meninas, que depressa são rodeadas de outros colegas curiosos, querem saber mais. “Para que serve?”

Miguel, com um sorriso simpático, explica que através do telégrafo são enviadas ordens para a casa das máquinas, onde existe um aparelho igual, nomeadamente sobre “qual a velocidade a dar às máquinas”.

O grupo prossegue para visitar a ré e regressa a correr, com as mesmas meninas curiosas a liderá-lo. “O que são todos aqueles troféus que estão ali numa casinha? Que idade tem o navio? Vocês já estiveram na guerra?”, perguntam ao jovem tripulante.

Enquanto Miguel responde às dúvidas na zona do tombadilho, no outro lado, na proa, é a sineta do navio-escola Sagres que desperta a curiosidades e todos querem tocá-la. De repente, alguém grita: “Vem aí outro navio! Que giro!”

Todos os olhos se viram para o rio para ver a aproximação do Santa Maria Manuela, outra das embarcações que, a par do navio-escola Sagres, do Creoula e da caravela Vera Cruz, ficam acostadas até domingo junto do cais 2, no âmbito da Semana do Mar Setúbal 2017, organizada pela Câmara Municipal e pela APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, com a colaboração da Marinha e da Aporvela, entre outras entidades.

O navio-escola Sagres chegou ontem à baía de Setúbal ao final da tarde, tendo o comandante da embarcação, António Camilo, sido recebido, numa cerimónia de boas-vindas a bordo, por uma comitiva com representantes da autarquia e da APSS, que lhe entregaram prendas institucionais.

Depois de um período de visitas públicas ontem à noite e das visitas escolares ao longo do dia de hoje, o Sagres, juntamente com o Creoula e o Santa Maria Manuela, também da Marinha, e o Vera Cruz, da Aporvela, estão abertos para visitas públicas amanhã, das 10h00 às 23h00.

No entanto, hoje, das 14h00 às 23h00, é possível também visitar os três últimos navios.

Ao mesmo tempo, no cais 2, decorre a iniciativa “Veleiros ao Luar: Street Food & Music”, hoje e amanhã, das 10h00 às 24h00, e domingo, até às 13h00.

Um dos momentos altos da Semana do Mar Setúbal 2017 é um espetáculo pirotécnico comemorativo dos oitenta anos dos navios Sagres, Creoula e Santa Maria Manuela, no amanhã à noite.

O fogo de artifício, que se realiza a partir das 22h00, na frente ribeirinha da cidade, assinala as oito décadas de navegação dos três emblemáticos navios portugueses, lançados ao mar no ano de 1937.

A partida de Setúbal das quatro embarcações está programada para domingo às 10h30m, em cortejo náutico.

CMS/Zoomonline

 

 

 

Share this post
Tags

Comments are closed.