Voluntários limpam praia de Albarquel

Publicado a Julho 13, 2018 » 476 Views» Destaques, Sociedade

Uma intitulada “Os suspeitos do costume” foi organizada pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria com a APLM – Associação Portuguesa para o Lixo Marinho, no âmbito do programa Bandeira Azul 2018 para limpar o areal da Albarquel.

O areal da Praia de Albarquel foi algo de uma limpeza realizada por cerca de 20 voluntários que recolheram beatas de cigarros, plásticos e cotonetes foram os apanhados em maior número.

A acção intitulada “Os suspeitos do costume” foi organizada pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria com a APLM – Associação Portuguesa para o Lixo Marinho, no âmbito do programa Bandeira Azul 2018 e contou com o envolvimento de voluntários do Centro Jovem Tabor, da APLM e da ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa.

Flávia Silva, da APLM comentou que “o objetivo é fazer uma monitorização dos resíduos depositados numa extensão de 100 metros ao longo do areal. A recolha é feita a partir do mar para cima”.

Após a limpeza o lixo foi depositado em pontos de contagem de modo a ser realizada a separação, identificação e registo do tipo de lixo encontrado da Albarquel.

“É um trabalho moroso que pode tornar-se chato. Mas vamos arranjar uma maneira rápida de o fazer, está bem?”
A técnica municipal Filipa Fernandes explica que “Os suspeitos do costume” é uma “ação a nível nacional no âmbito do programa Bandeira Azul 2018” que irá decorrer até ao final da época balnear. Filipe Fernandes referiu ainda que a designação da iniciativa está relacionada com o tipo de lixo que se espera à partida encontrar nos areais. “Os suspeitos do costume são as beatas e os plásticos”.
As beatas foram os resíduos recolhidos em maior número, a que se seguiram os fragmentos de plástico com menos de 2,5 centímetros e, em terceiro lugar, os cotonetes. O top 5 dos lixos que ocorrem em maior número na Albarquel fica completo com os fragmentos de plástico acima de 2,5 centímetros, como tampas de garrafas, e os sacos e películas de plásticos, sobretudo embalagens de alimentos.

O Setubalense/ZoomOnline

Share this post
Tags

Comments are closed.